Mensagem do Provedor

 

Decorrente do ato eleitoral, realizado no dia 17 de dezembro de 2017, tomaram posse, no dia 06 de janeiro de 2018, os Órgãos Sociais da Santa Casa da Misericórdia de Alter do Chão para o Quadriénio 2017/2021.

Na qualidade de Provedor quero saudar toda a Irmandade e dirigir uma palavra a todos aqueles que visitam o nosso site.

O modo acelerado como a sociedade se altera, nomeadamente na era tecnológica, coloca-nos novos desafios, nesse sentido, é minha intenção potenciar esta nova forma de comunicação institucional, marcando um novo ciclo de partilha de informação entre os nossos parceiros institucionais, comerciais, familiares e população em geral. Creio que constituirá uma excelente forma de nos aproximar a todos.

Gostaria, também, de vos poder dizer, que a minha caminhada nesta instituição conta já com alguns passos percorridos. Desde 2012 que integro a Mesa Administrativa com elevado espírito de missão. Para os próximos 4 anos, agora com novas funções, mas com o mesmo espírito, pretendo, não só, assentar o meu trabalho numa forte determinação em continuar a honrar o passado, consolidando as iniciativas desenvolvidas, mas também lançar mãos a novos projetos.

Como sabemos, a Santa Casa da Misericórdia é uma instituição multissecular. Os quase 5 séculos de existência colocam-na numa das mais antigas e prestigiadas do concelho. Tem no seu projecto de ação a prática das Obras de Misericórdia que realiza através de várias respostas/projetos sociais à comunidade alterense, como a Creche, a Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, o Centro de Dia, o Serviço de Apoio Domiciliário, o Centro de Convívio, a Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Média e Longa Duração, a RLIS – Rede Local de Intervenção Social e o CLDS Alter 3G – Contrato Local de Desenvolvimento Social.

Abrangemos, deste modo, um total de 178 utentes em permanência entre todos os serviços prestados. Para isso, contamos, também com 101 funcionários/colaboradores nas mais variadas categorias profissionais que exercem as suas funções nos diversos equipamentos sociais e de saúde.

É, hoje, o maior empregador privado no concelho de Alter do Chão e um alicerce na economia social com um movimento financeiro anual a rondar os 2 milhões de euros.

Estes números são a confirmação inequívoca de que a Santa Casa da Misericórdia é uma instituição de referência e um pilar fundamental para o desenvolvimento socioeconómico do nosso concelho.

Uma palavra, também, acerca do património relevante sob o ponto de vista cultural. Torna-se imperativo a dinamização cultural, promovendo um conjunto de atividades que possam dar a conhecer a quem nos visita, a Igreja da Misericórdia, as Alfaias Religiosas, o Órgão Histórico e a antiquíssima organização das procissões da Semana Santa. Verdadeiros repositórios de histórias e estórias.

Por fim, mas não menos importante, uma palavra, de apreço e motivação, a todos os profissionais que connosco trabalham.

O humanismo, a solidariedade e a igualdade são palavras que sempre fizeram parte dos valores desta instituição, mas para se efetivar tais propósitos, devemos contar, sempre, convosco. Sois vós, que, diariamente, colocam em prática estas palavras. É bem visível que o trabalho realizado por vós, não é assente apenas em rotinas diárias. Os afetos, os mimos, a capacidade de ouvir e a palavra de conforto são tarefas que não estão incluídas nos vossos contratos de trabalho, mas que, abnegadamente, os vão transmitindo a quem cuidam, como se de uma família se tratasse.

Obrigado!

O Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alter do Chão
Vasco Cruz